Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon
Pular para o Conteúdo Principal
Programa Vale Música celebra 250 anos de Beethoven com repertório exclusivo e tempero brasileiro
Notícias -
Novidades
10/11/2020
ícone de compartilhar
Ícone do Facebook Ícone do Twitter Ícone do Linkedin Ícone do Whatsapp

O Programa Vale Música, iniciativa do Instituto Cultural Vale, é uma rede colaborativa que incentiva conexões e trocas de experiências entre orquestras profissionais, professores e alunos de projetos de formação musical em quatro estados brasileiros: Minas Gerais, Pará, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul. No contexto da pandemia mundial, surgiu a dúvida: como manter as atividades do programa que tem como base a vivência e compartilhamento de conhecimento mesmo à distância? Como tornar as aulas virtuais interessantes e eficientes?

Foi com esses desafios que a Orquestra Ouro Preto desenvolveu a proposta para realizar um projeto virtual exclusivo e criou um repertório inédito com os alunos dos projetos Moinho Cultural (MS), Vale Música Serra (ES) e Vale Música Belém (PA). Por meio de aulas à distância, professores especialistas guiaram os alunos em gravações inéditas que tiveram como ponto de partida a comemoração dos 250 anos de Beethoven.

A partir do tema do “Rondo”, do célebre “Concerto para Violino”, foram criadas sete variações especiais para os projetos de formação musical do Programa Vale Música. As versões ganharam temperos brasileiros, em arranjos para percussão, cordas e sopros, tudo com muita originalidade e gravadas de dentro das casas dos alunos. Ao final, juntos, esses movimentos formam uma obra única que celebra, também, o trabalho feito ao longo de 2020 entre alunos e professores.

Para o Maestro Rodrigo Toffolo, a experiência foi um marco na carreira dos jovens artistas. “O processo de gravar representa para um músico o desafio maior. É deixar sua marca, seu som para a posteridade, é como diz aquela máxima esportiva: treino é treino e jogo é jogo”. Ao longo deste caminho de troca e aprendizagem, que culminou com a gravação dos arranjos em vídeo, os alunos tiveram a oportunidade de se tornar músicos melhores e mais seguros de si. Os vídeos finais corroboram todo o processo através da alegria, do orgulho e da autoestima de um trabalho conjunto compartilhado.

Para Christiana Saldanha, Gerente do Instituto Cultural Vale, o ano em isolamento trouxe desafios, mas também superação. “Ao longo de 2020 a rede colaborativa de ensino e aprendizagem que é o Programa Vale Música estabeleceu uma conexão ainda mais próxima, apesar do distanciamento social. Virtualmente, os estudantes elevaram sua percepção musical em um processo didático de excelência conduzido pela Orquestra Ouro Preto. É com alegria que vemos o encerramento deste ciclo através dos vídeos produzidos e do crescimento de cada um dos nossos alunos”, afirma.

Abaixo, você pode conferir os três primeiros vídeos da série.



Performance da música Moinho Corpo Funk, com arranjo de Leonardo Gorosito, em conjunto com o Grupo de Percussão do Instituto Moinho Cultural – MS. O tema de Beethoven ganha a irreverência do funk e uma percussão corporal, cheia de personalidade.





Performance da música Serra Bossa Jazz, com arranjo de Nélson Ayres, em conjunto com a Jazz Band Vale Musica Serra - ES. A mistura da bossa nova brasileira e do jazz contemporâneo com o clássico de Beethoven revelam sons primorosos com arranjos do grande pianista e compositor Nelson Ayres.



Performance da música Desafio 2.5.0, com arranjo de Fred Natalino, em conjunto com o Grupo de Cordas Vale Música Belém – PA. A sonoridade armorial ganha a companhia da composição magistral de Beethoven. Um som pulsante, arrebatador.